Confio em aprovação da Previdência no plenário, diz ministro

Marcos Pereira admite, porém, que pode haver dificuldade no plenário da Casa e a aprovação da reforma deve exigir "esforço maior"

São Paulo – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, demonstrou nesta segunda-feira, 8, confiança no avanço da reforma da Previdência na Câmara.

A proposta teve o texto principal aprovado pela comissão especial da Câmara na semana passada. Os destaques que podem alterar o projeto, contudo, devem ser votados amanhã, quando o colegiado retoma os trabalhos.

Pereira disse não ter dúvida de que a proposta com os destaques passará pela Comissão.

“Agora, o Plenário da Câmara é uma discussão à parte, é um tanto quanto mais difícil. Tenho confiança de que nós a aprovaremos, mas isso exigirá um esforço maior de todos nós”, afirmou o ministro.

Ele acrescentou que o governo vai atuar para atacar a guerra fiscal entre os Estados.

“Se queremos falar sobre a reforma tributária é preciso falar também da guerra fiscal”, disse Marcos Pereira para uma plateia composta por empresários e executivos da construção civil em evento promovido pelo Secovi-SP.

Para ele, esse é um tema mais difícil, que exige um exercício maior, mas que estará na pauta do governo federal tão logo outras medidas de desburocratização sejam implementadas.