Confiante, Haddad aponta “retomada importante” da intenção de voto

Petista tenta uma virada difícil, que seria feito inédito em eleições presidenciais no Brasil

(Reuters) – O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse estar confiante de que terá um “grande resultado” no segundo turno da eleição presidencial neste domingo, afirmando que pesquisas indicam uma importante retomada na intenção de voto em sua candidatura.

Falando com repórteres após café da manhã em hotel de São Paulo com a coordenação da campanha e dirigentes do PT, Haddad disse que irá “lutar até o último minuto”.

“Estou muito confiante de que nós vamos ter um grande resultado hoje. Vamos lutar até o último minuto. As pesquisas indicam uma retomada importante da intenção de voto no nosso projeto. Eu confio na democracia, confio no povo brasileiro”, afirmou.

A eleição presidencial deste domingo tem o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, como favorito para subir a rampa do Palácio do Planalto no dia 1º de janeiro de 2019, enquanto o petista Haddad tenta uma virada difícil, que seria feito inédito em eleições presidenciais no Brasil.

De acordo com pesquisas Ibope e Datafolha, divulgadas no sábado, o capitão da reserva do Exército deverá confirmar neste domingo a liderança mostrada nas urnas três semanas atrás.

Segundo o Ibope, Bolsonaro chega ao dia da eleição com 54 por cento dos votos válidos, enquanto Haddad soma 46 por cento. No levantamento anterior do instituto, divulgado na terça-feira, Bolsonaro aparecia com 57 por cento dos votos válidos, enquanto Haddad tinha 43 por cento.

Já pelo Datafolha divulgado na véspera do pleito, Bolsonaro tem 55 por cento dos votos válidos, contra 45 por cento de Haddad. Pesquisa anterior do instituto, divulgada na quinta-feira, mostrava o capitão da reserva com 56 por cento dos válidos, enquanto o ex-prefeito de São Paulo somava 44 por cento.