Como assistir ao depoimento de Lula a Sergio Moro na internet

A audiência em que o juiz interroga o ex-presidente não será transmitida ao vivo, mas o vídeo do depoimento será disponibilizado na íntegra em EXAME.com

São Paulo – O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sergio Moro será disponibilizado no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná entre 17h30 e 18h, logo após o fim do interrogatório. EXAME.com irá publicá-lo na íntegra, assim que o vídeo for liberado.

Veja também

A audiência não será transmitida ao vivo, como queria o petista. O interrogatório começou por volta das 14h desta quarta-feira (10). Essa é a primeira vez em que Lula e Moro ficam frente a frente em uma audiência da Operação Lava Jato.

A gravação do depoimento será feita por servidores da Justiça Federal, e não por uma equipe contratada pelo petista, que teve seu pedido negado para gravar a audiência. Lula também havia pedido para não haver uma câmera exclusiva focada nele, apenas uma que desse visão panorâmica da sala, mas também teve seu pedido negado.

No fim, ele será filmado por duas câmeras com dois enquadramentos: uma focada em seu rosto e outra com a visão panorâmica da sala.

O ex-presidente tem o direito de não produzir provas contra si durante o depoimento de hoje. Portanto, ele poderá ficar calado ou até mesmo faltar com a verdade. Do lado do juiz Moro, a expectativa (e o dever) é que ele haja com neutralidade. Para juristas, a menos que exista base para uma prisão cautelar, é remota a tese de que Lula terminará o dia atrás das grades – como sugerem alguns.

O interrogatório de hoje, o Dia D da Lava Jato, marca o final da etapa de oitiva dos réus do processo em que ele é acusado pela Procuradoria da República por suposto recebimento de R$ 3,7 milhões em propinas da construtora OAS.

Terminada a fase de interrogatórios dos réus, o juiz abre prazo de 10 dias para o Ministério Público Federal fazer suas alegações finais da acusação contra Lula e os demais réus. Entregue os memoriais ao juízo, é aberto mais 10 dias para as alegações finais da defesas.

Superada essa etapa, Moro começa a contar o prazo para sua sentença.  A expectativa é que o julgamento aconteça entre junho e julho.