Comissão do Senado aprova Novo Marco das Teles e texto segue para plenário

Entre outras alterações, projeto de lei remove algumas restrições na venda de ativos das operadoras

São Paulo — A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado aprovou nesta quarta-feira o projeto de lei que trata novo marco regulatório do setor de telecomunicações, que, entre outras alterações, remove algumas restrições na venda de ativos das operadoras.

A relatório da senadora Daniella Ribeiro ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 79/2016 agora segue para o plenário da Casa, de acordo com as informações da Agência Senado.

“A atualização do arcabouço legal de telecomunicações seria particularmente benéfica para a Oi, bem como para o setor de telecomunicações como um todo, incluindo grupos como Telefônica Brasil e TIM”, destacaram analistas do Bradesco BBI.

“A aprovação (do PLC) deve desencadear discussões sobre a consolidação do setor, à medida que a incerteza sobre o futuro das concessões diminui”, afirmaram Fred Mendes e Guilherme Haguiara, em relatório a clientes.

Analistas do Itaú BBA estimam que a aprovação final do projeto de lei adicionaria 2,4 reais ao valor justo das ações da Telefônica Brasil e 0,5 real ao valor das ações da Oi.

Às 11:10, as preferenciais da Telefônica Brasil subiam 1,5%, a 53,36 reais, enquanto os papéis ordinários da Oi tinham elevação de 4%, a 1,29 real. Os papéis da TIM mostravam acréscimo de 0,4%.