Com apenas 1 curso, motoristas profissionais vão poder zerar pontos na CNH

O curso de reciclagem preventiva, que é opcional, só pode ser solicitado pelo motorista uma vez a cada 12 meses e vale para o Detran-SP

São Paulo – O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) anunciou nesta semana que os motoristas profissionais que tiverem entre 14 e 19 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) podem fazer um curso de reciclagem preventivo e zerar a pontuação.

O curso, que é opcional, está previsto na resolução 723 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pode ser realizado pelo condutor que tenha a inscrição “exerce atividade remunerada” no documento e seja habilitado exclusivamente nas categorias C (veículos de carga, como caminhões), D (veículos de transporte de passageiros, como ônibus e vans) ou E (veículo conjugado, como carreta com reboque ou trailer).

De acordo com o órgão, a reciclagem preventiva só pode ser solicitada uma vez a cada 12 meses. Ou seja, o condutor só terá a CNH suspensa se somar outros 20 pontos nos doze meses seguintes.

“O motorista profissional passa muitas horas ao volante. A reciclagem preventiva permite que ele reavalie sua conduta no trânsito quando ele está com grande risco de ter a CNH suspensa, o que o impediria de trabalhar. É uma chance de ele reaprender e repensar suas atitudes”, afirma Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran-SP em nota.

Para fazer a reciclagem, os interessados devem comparecer até uma unidade do Detran-SP. Se os requisitos forem preenchidos, uma autorização será emitida e deverá ser entregue em uma autoescola, onde o curso será contratado. Com a permissão, o motorista terá 15 dias para iniciar o curso e, a partir daí, 40 dias para terminá-lo.