Com 25 mil casos, estado do Rio tem surto de chikungunya

RJ também registrou a circulação de um vírus até então inédito na região Sudeste, o mayaro; os dois provocam sintomas semelhantes

São Paulo — O Estado do Rio enfrenta um grave surto de chikungunya e registra a circulação de um vírus até então inédito na região Sudeste, o mayaro. Os dois provocam sintomas semelhantes: fortes dores nas articulações, que podem se prolongar por meses.

Cientistas suspeitam de casos concomitantes das duas doenças. Segundo o Ministério da Saúde, os números de chikungunya no País estão 23% abaixo dos registrados no mesmo período do ano passado.

No Rio, no entanto, foram registrados até meados deste mês 25.459 casos da doença, com seis mortes – aumento de 26,7% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com especialistas, os dados podem estar sendo inflados por casos de mayaro identificados erroneamente como chikungunya.