CNH digital começa a valer em Goiás; como vai funcionar

Todos os estados brasileiros devem disponibilizar a emissão da carteira digital até 1º de fevereiro de 2018

São Paulo – A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) foi lançada nesta terça-feira (10) em Goiás (GO). O estado será o primeiro a utilizar o documento digital que terá o mesmo valor jurídico do impresso.

A escolha de Goiás como estado piloto aconteceu devido ao avanço no processo de digitalização do Detran local. De acordo com o Ministério das Cidades, todos os estados brasileiros devem disponibilizar a emissão da carteira digital até 1º de fevereiro de 2018.

Na prática, a novidade significa que os motoristas terão acesso ao arquivo virtual da CNH por meio de um aplicativo para smartphones, dispensando o uso do documento em papel.

“O brasileiro vai poder se identificar de forma inovadora e válida em todo território nacional”, diz o ministro das Cidades, Bruno Araújo, em nota.

Brasília - Denatran e Serpro lançam a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), em cerimônia no Ministério das Cidades Brasília – Denatran e Serpro lançam a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), em cerimônia no Ministério das Cidades

Brasília – Denatran e Serpro lançam a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), em cerimônia no Ministério das Cidades (Valter Campanato/Agência Brasil/Agência Brasil)

A CNH-e estará disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. O sistema vai armazenar todas informações da carteira de motorista impressa, inclusive foto e QR Code, que garante autenticidade da carteira e evita fraudes.

Veja como funcionará o versão digital do documento: