Chuva em SP afeta 104 semáforos e derruba 76 árvores

Temporal de ontem teve ventos de até 96 km/h, a maior velocidade já registrada desde 2006

São Paulo – A chuva forte que atingiu São Paulo ontem deixou problemas que persistem na cidade ainda hoje, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Entre 14h15 de ontem e 2h30 desta madrugada, foram registradas ao menos 76 quedas de árvore, 43 ruas sem energia e 104 semáforos apagados ou no amarelo piscante.

O temporal de ontem teve ventos de até 96 km/h, a maior velocidade já registrada desde 2006. O Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foram afetados, e o Aeroporto de Congonhas também ficou sem operar. Na região central, o Lago da Aclimação transbordou pela segunda vez em menos de uma semana.

O Córrego Tremembé transbordou e a região ficou em alerta. Na zona sul, onde estavam 12 dos 42 pontos de alagamento da cidade, o Rio Tamanduateí e o Córrego Ipiranga transbordaram. A situação só começou a melhorar por volta das 16 horas.