Chega a 87 número de mortos na Bahia depois de greve da PM

O estado tem o apoio de mais de 2,5 mil homens das Forças Armadas e da Força Nacional

Brasília – Sobe para 87 o número de mortos na Bahia desde o início da greve dos policiais militares no estado. Quatro homens foram encontrados mortos esta madrugada, todos eles na Rua dos Índios, no bairro de Camaçari.

O estado tem o apoio de mais de 2,5 mil homens das Forças Armadas e da Força Nacional que atuam no patrulhamento em Salvador, Feira de Santana, Barreiras e Paulo Afonso.

Mais cedo, cerca de 600 homens do Exército cercaram a Assembleia Legislativa para garantir que a Polícia Federal cumpra os 11 mandados de prisão contra policiais militares grevistas que ocupam o local desde a semana passada. O Comando de Operações Táticas da Polícia Federal deve cumprir os mandados ainda hoje. Os policiais também serão responsáveis pela remoção dos detidos para presídios federais.

Os Policiais Militares da Bahia estão em greve desde a quarta-feira (1º). A Justiça decretou a ilegalidade do movimento.