CEOs de Odebrecht e OAS discutem delação, diz o Globo

Odebrecht e Pinheiro, que comandavam as duas maiores empreiteiras do esquema de corrupção na Petrobras, querem fechar o acordo de delação ao mesmo tempo

Os empresários Marcelo Odebrecht, da Odebrecht, e Léo Pinheiro, da OAS, presos no âmbito da operação Lava Jato, negociam um acordo entre eles para depois tratarem de uma possível colaboração premiada simultânea com o Ministério Público Federal, segundo reportagem do jornal O Globo nesta terça-feira.

Odebrecht e Pinheiro, que comandavam as duas maiores empreiteiras envolvidas no esquema bilionário de corrupção na Petrobras, querem fechar o acordo de delação ao mesmo tempo para salvar as duas empresas até mesmo de uma eventual falência caso as investigações da Lava Jato se prolonguem.

De acordo com o jornal, a informação foi repassada por uma pessoa ligada a um dos executivos.