Centro do Rio é alvo de arrastão e dez lojas são saqueadas

Um grupo assaltou estabelecimentos na Rua Senador Pompeu, na região da Central do Brasil, no centro do Rio, na madrugada desta segunda-feira, 22

Rio – Criminosos assaltaram dez lojas na Rua Senador Pompeu, na região da Central do Brasil, no centro do Rio, na madrugada desta segunda-feira, 22. Policiais militares tentaram impedir o arrastão, mas recuaram após serem atacados por tiros pelo grupo. Os bandidos usaram um caminhão para levar a carga roubada. A região é conhecida por ter estabelecimentos de depósito de doces e descartáveis.

Donos de lojas no local disseram que a ação pode ter sido uma represália de traficantes do Morro da Providência, próximo ao comércio, que teriam exigido dinheiro “em troca de paz”.

A favela tem uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde 26 de abril de 2010. Considerada oficialmente a primeira favela do País, a comunidade tem cerca de 5 mil habitantes.

Em nota, a Polícia Militar informou que foi acionada devido a “um arrombamento em uma loja de doces nas proximidades da Central do Brasil”.

“Quando se aproximavam, os policiais foram atacados a tiros por criminosos que estavam no local e outros da Providência, ocasionando intenso confronto armado e dificultando a aproximação dos policiais”, diz o comunicado.

A PM afirma que segue realizando buscas na região nesta segunda-feira para localizar e prender os criminosos. A ocorrência foi registrada na 4ª Delegacia de Polícia, que está fazendo perícia na região.