Cardozo diz que greve na Bahia deve terminar hoje

Ministro da Justiça disse que muitos policiais já voltaram ao trabalho no estado

Brasília – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse no início da tarde de hoje que muitos policiais militares que aderiram à greve na Bahia já voltaram a trabalhar. Segundo ele, a tendência é que o movimento grevista termine até o final do dia.

Quanto à paralisação da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Cardozo disse que a situação é de “uma greve não muito mobilizada”. Tanto é que, até agora, o governador Sérgio Cabral não manifestou qualquer necessidade de tropas federais, segundo o ministro.

Ele disse que “há uma certa tranquilidade” no caso do Rio. Para o ministro, os policiais percebem que não podem se associar a um movimento que foi desencadeado com a perspectiva de levar insegurança para a população, com atos criminosos e de vandalismo.

O ministro fez as declarações no Palácio do Planalto, logo depois da posse da nova ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci. Além da presidenta Dilma Rousseff, participaram da solenidade quase todos os ministros de Estado, parlamentares e representantes da sociedade civil.