Campos nega existência de imagem de Marina com Alckmin

Candidato do PSB voltou ao discurso de que a questão dos palanques estaduais está superada

Limeira – O candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) negou a existência de material de campanha dos comitês chamados “Edualdo” com imagens da sua vice Marina Silva e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Não sei absolutamente disso, eu vim aqui inaugurar um espaço político, que tem uma propaganda exatamente como foi programada e como deve ser feita”, afirmou após participar da inauguração do comitê em Limeira, no interior paulista.

Campos voltou ao discurso de que a questão dos palanques estaduais está superada e disse que todos sabem que Marina e a Rede Sustentabilidade não apoiam a aliança com Alckmin no Estado.

“Todo mundo sabe a posição da Rede sobre a sucessão no Estado de São Paulo, então não tem porque ter no palanque aqui propaganda com a Marina, nunca houve essa possibilidade”, afirmou.

Matéria desta terça-feira, 22, do jornal Folha de S. Paulo trouxe informação de que um material de campanha com foto de Marina ao lado de Alckmin teria sido preparado para ser distribuído nos comitês Edualdo.

Segundo fontes ligadas à campanha, houve uma confusão com um material feito sem autorização em Marília, por um familiar do prefeito Vinícius Camarinha, que é do PSB e próximo a Alckmin.

De acordo com essas fontes, o material, no entanto, nunca foi destinado aos comitês Edualdo. Marina e Campos teriam feito até um combinado que a imagem dela não seria explorada nesses comitês de campanha que envolvem a parceria com o governador tucano.

Questionado sobre a possível participação de Alckmin e de tucanos nos eventos de campanha em São Paulo, Campos desconversou e disse que esse questionamento deve ser feito ao PSDB.

“Não falei com Geraldo sobre essa questão, vocês precisam perguntar a ele sobre isso”, disse.