Campos garante continuidade do Bolsa Família

Candidato do PSB responsabilizou funcionários do governo petista por "disseminar" que o programa de transferência de renda seria extinto

Arapiraca (AL) – Em visita ao município de Arapiraca, interior de Alagoas, nesta sexta-feira, o candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, garantiu a continuidade do programa Bolsa Família e responsabilizou funcionários do governo petista por “disseminar” que o programa de transferência de renda seria extinto.

“Nossa intenção é ampliar o Bolsa Família e fazer pelo Nordeste o que a presidenta poderia ter feito nos últimos quatro anos e não fez, porque ela olha para o Nordeste como um curral eleitoral. Mas somos gente e merecemos respeito. Queremos Bolsa Família, mas também queremos trabalho, indústria, segurança e acesso à água”, disse, referindo-se a Dilma Rousseff (PT), sua adversária neste pleito.

Acompanhado pelo candidato ao governo de Alagoas, Benedito de Lira (PP), Campos foi recebido com bolo e uma camiseta da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) de presente pela passagem de seu aniversário.

No encontro com trabalhadores rurais, em que as lideranças locais falaram das dificuldades enfrentadas por conta da seca nos últimos anos, eles pediram que Campos se comprometa com o perdão das dívidas dos agricultores familiares.

“Fico assombrado com as cobranças sociais feitas aos trabalhadores do campo. O governo parece que não percebeu que passamos por três anos de seca em que o que foi investido se perdeu. É preciso reverter esse quadro para que o governo não viva apenas da propaganda do Bolsa Família, que, aliás, é a única proposta da presidenta Dilma”.

Em seguida, reclamou da atual política econômica e disse que, depois de encerrado o governo Lula, o País retrocedeu. “O que a gente vê é que a inflação está de volta e, enquanto isso, a presidenta Dilma deu mais de R$ 6 bilhões para o setor elétrico, que tem um péssimo serviço prestado. E esse dinheiro vai sair do bolso da população. Não podemos permitir que o Brasil perca as conquistas obtidas no passado. Já são 20 anos de governo do PT e PSDB, é preciso mudar. Precisamos ter um governo que olhe para os mais necessitados”, ressaltou.

Após reunião com trabalhadores rurais e com a juventude, o candidato à Presidência inaugurou o comitê Eduardo e Marina antes de encerrar as atividades de campanha em Arapiraca.