Abaixo-assinado contra Renan ultrapassa 200 mil assinaturas

Petição "Ficha Limpa no Senado - Renan Não", da ONG Rio de Paz, recolhe assinaturas contra a candidatura do senador à presidência da Casa, na qual é favorito

São Paulo – Favorito para se tornar novamente presidente do Senado na eleição que acontece amanhã, Renan Calheiros (PMDB-AL) começa a ver crescer a oposição contra seu nome na internet. O abaixo assinado no site de mobilização social Avaaz, que pede a escolha de um nome Ficha Limpa para o cargo, já conta com mais de 230 mil assinaturas

A petição foi criada pela ONG Rio de Paz para evitar que Renan Calheiros seja eleito presidente da Casa no pleito marcado para às 10h desta sexta.

O senador renunciou ao mesmo cargo em 2007, quando se envolveu em denúncias de que um lobista pagava a pensão de sua filha com a jornalista Mônica Veloso. Após a saraivada de denúncias que se seguiram, sua sustentação no cargo ficou impossível.

Renan, no entanto, foi absolvido de uma possível cassação pelo plenário da Casa duas vezes. E agora pretende chefiar o Senado novamente.

No texto da petição, que a Rio de Paz afirma que será lido no plenário “por senadores que se opõem a Renan”, é lembrado que o parlamentar alagoano “acaba de ser denunciado criminalmente ao STF pelo Procurador-Geral da República“.

“Fazemos um apelo aos Senhores Senadores para que escolham um presidente ficha-limpa, comprometido com o desenvolvimento social e que seja capaz de dirigir o Senado com independência e dignidade”, diz a petição.

A página no site da Avaaz já conta com mais de 67 mil compartilhamentos no Facebook.