BTG/FSB: Bolsonaro vai para 31%; Haddad tem 24% e Alckmin sobe para 11%

Bolsonaro oscilou dentro da margem de erro. Haddad - que há uma semana havia dado um salto - se manteve praticamente estável

São Paulo – A seis dias das eleições, pesquisa BTG/FSB de intenção de votos mostra Jair Bolsonaro (PSL) na liderança com 31% e Fernando Haddad (PT), em segundo lugar, com 24%. Os dois candidatos parecem ter atingido o teto no levantamento.

Em relação à última pesquisa da instituição, divulgada há uma semana, Bolsonaro oscilou dentro da margem de erro – de 33% para 31%. Haddad – que há uma semana havia dado um salto de 16% para 23% – se manteve praticamente estável, indo de 23% para 24%.

Ciro Gomes (PDT) – que vinha com 14% das intenções há duas semanas, oscilou de 10% para 09%, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) passou de 8% para 11%. Marina Silva (Rede) foi de 5% para 4%.

A pesquisa do BTG é a que tem dado maior pontuação a Bolsonaro na comparação aos outros levantamentos como o Datafolha e o Ibope.

Para o levantamento, foram entrevistados 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nos dias 29 e 30 de setembro. Foram feitas ligações por telefone, pelo Instituto FSB Pesquisa, nas 27 Unidades da Federação.

A margem de erro no total da amostra é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

2º turno

Na disputa no segundo turno entre Bolsonaro e Haddad, os candidatos estão tecnicamente empatados. O pesselista aparece com 43% dos votos, enquanto o petista está com 42%.

Já em um cenário de embate entre Ciro e Bolsonaro, o pedetista leva a melhor, com 45% dos votos. O capitão reformado aparece com 41%, mesmo percentual da pesquisa anterior.

Rejeição

No levantamento, a candidata pela Rede, Marina Silva, lidera os índices de rejeição. Segundo os entrevistados, 56% “não votaria de jeito nenhum na candidata”. Depois aparece Geraldo Alckmin (51%), Fernando Haddad (50%), José Eymael (49%), Jair Bolsonaro (49%).

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sidney Bernardo

    Segundo o Wikipedia, o BTG Pactual foi fundado pelo Paulo Guedes, o chamado “posto ipiranga” do Bolsonaro. Vamos esperar as próximas pesquisas.

  2. Vamos votar em Bolsonaro, pois o PT já mostrou como deixa um país, ou seja, é fato, hoje estamos assim graças a toda corrupção e falta de administração do PT! Não vamos repetir o erro, afinal seria burrice e isto o Brasil não merece!

  3. Vamos votar em Bolsonaro, pois o PT já mostrou como deixa um país, ou seja, é fato, hoje estamos assim graças a toda corrupção e falta de administração do PT! Não vamos repetir o erro, afinal seria burrice e isto o Brasil não merece!

  4. Vamos votar em Bolsonaro, pois o PT já mostrou como deixa um país, ou seja, é fato, hoje estamos assim graças a toda corrupção e falta de administração do PT! Não vamos repetir o erro, afinal seria burrice e isto o Brasil não merece!

  5. Vamos votar em Bolsonaro, pois o PT já mostrou como deixa um país, ou seja, é fato, hoje estamos assim graças a toda corrupção e falta de administração do PT! Não vamos repetir o erro, afinal seria burrice e isto o Brasil não merece!

  6. Cleber Ribeiro

    Pesquisa fajuta feita no sul e sudeste. A prova é tanta que já colocaram o Alckmin em terceiro lugar. O dia das urnas esta chegando.