Brasil vs. Venezuela; Mais impostos?…

Brasil rejeita Venezuela

José Serra, ministro das Relações Exteriores, enviou carta aos chanceleres de Uruguai, Paraguai e Argentina informando que o Brasil não reconhece a Venezuela na presidência do Mercosul, informa o jornal O Estado de S. Paulo. No fim de semana, a Venezuela havia anunciando que estava assumindo a presidência, numa decisão que terminou por rachar o bloco, colocando Uruguai de um lado, e Brasil e Argentina de outro. Para Serra, a Venezuela não cumpriu as “disposições essenciais” para assumir o cargo. Também ontem, a oposição do país chegou às 200.000 assinaturas necessárias para tentar a deposição de Nicolás Maduro.

Casal Santana é solto

O juiz federal Sergio Moro concedeu liberdade provisória para o marqueteiro João Santana e sua mulher, Monica Moura. Ele estipulou fiança de 28,7 milhões para ela e 2,7 milhões para ele, valor que já estava retido nas contas do casal. Eles foram presos por receber dinheiro proveniente de caixa dois como pagamento de seus trabalhos ao PT. O juiz, no entanto, disse que eles não formavam uma organização criminosa tão sofisticada quanto o restante dos presos na Lava-Jato.

Governo cede na dívida

Na tentativa de aprovar ainda nesta semana o projeto de lei da renegociação da dívida dos estados, o governo aceitou ceder em alguns pontos da proposta. Os estados reclamavam do controle mais rígidosobre os gastos com pessoal. Em reunião entre o ministro da Fazenda e líderes de bancada, ficou decidido que os gastos com terceirizados e auxílio moradia do Judiciário estadual devem ficar de fora da Lei de Responsabilidade Fiscal. No entanto, todas as despesas com pessoal devem crescer no teto de gastos referente à inflação do ano anterior.

 

Impostos definidos até fim de agosto

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a decisão sobre aumentar ou não impostos pode ser tomada até o fim de agosto, quando a previsão de arrecadação de 2017 estará mais clara. “À medida que haja recuperação da economia, espera-se que possa haver também uma recuperação da arrecadação”, disse Meirelles ao jornal Folha de S. Paulo. A arrecadação federal caiu 7,3% no primeiro semestre.

Petrobras derruba bolsa

O Ibovespa fechou o primeiro pregão de agosto com queda de 0,96%, pressionado pelas ações da Petrobras. Os papéis ordinários da estatal caíram 5,7%; e os preferenciais, 4,9% — as maiores perdas do Ibovespa. As quedas acontecem num dia em que o preço do barril de petróleo caiu mais de 3%. Do lado positivo das notícias, os analistas do banco Credit Suisse aumentaram a previsão para o Ibovespa no fim do ano de 50.000 para 60.000 pontos. Segundo eles, eventos positivos externos e internos reduziram o custo de capital no país mais rapidamente do que o esperado.

_

Cade contra Hypermarcas

A superintendência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) propôs que a operação de venda do negócio de preservativos da Hypermarcas, dona das marcas Olla, Jontex e Lovetex, para a inglesa Reckitt Benckiser, das marcas Durex e KY, seja impugnada. A transação, anunciada em janeiro, está avaliada em 675 milhões de reais e faz parte de uma estratégia da Hypermarcas para a redução de seu endividamento e a concentração de investimentos no mercado farmacêutico. O negócio será julgado pelos conselheiros do Cade, que podem decidir se aprovam, com ou sem restrições, ou reprovam a compra.

_

Indústria vende mais?

O faturamento industrial voltou a crescer em junho, com um aumento de 2% nas vendas em relação a maio deste ano, segundo informou a Confederação Nacional da Indústria. O índice registrava três meses consecutivos de queda. Na comparação com junho do ano passado, o recuo ainda é negativo, de 8,2%. Nos seis primeiros meses deste ano, o faturamento foi 11,5% menor do que no mesmo período de 2015.

_

Balança positiva

A balança comercial fechou julho com um superávit de 4,5 bilhões de dólares. É o maior valor para esse mês desde 2006, quando o saldo positivo foi de 5,6 bilhões de dólares. As exportações somaram 16,3 bilhões; e as importações, 11,7 bilhões de dólares. No acumulado de 2016, o superávit já chega a 28,2 bilhões de dólares, o maior valor desde o início das medições, em 1989. O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços estima que o ano terminará com um saldo positivo de 45 bilhões de dólares na balança comercial.

_

Trump: o caso Khan

O presidenciável republicano Donald Trump segue sendo criticado por suas declarações contra Humayun Khan, soldado americano de ascendência islâmica morto no Iraque em 2004. Trump questionou o fato de a mãe de Humayun, Ghazala, não ter dito nada na convenção democrata, dizendo que “talvez ela nem fosse autorizada a falar”. É a primeira vez que um presidenciável bate de frente com a família de um militar morto em combate. Candidato republicano à Presidência em 2008 e veterano do exército americano, o senador John McCain disse nesta segunda-feira que “não consegue enfatizar quanto discorda de Trump” no caso Khan e que espera que os americanos entendam que as declarações do magnata “não representam o Partido Republicano”.

Reino Unido: dilema chinês

A primeira-ministra britânica, Theresa May, decidiu cancelar de última hora uma parceria com a China que iniciaria a construção de uma nova usina nuclear no Reino Unido — a Hinkley Point. Acordado no governo do ex-premiê David Cameron, o negócio de 24 bilhões de dólares seria financiado pela estatal China General Nuclear, enquanto os britânicos pagariam pela energia utilizada. O governo britânico anunciou nesta segunda-feira que vai “reavaliar” o projeto, mas continua querendo “uma relação forte” com a China. Em resposta, o governo chinês afirmou que espera que os britânicos tomem uma decisão “o mais rápido possível”.

Turquia admite excessos 

O governo da Turquia chamou de volta seu embaixador na Alemanha nesta segunda-feira, depois de ver impedida a colocação de um telão que exibiria um pronunciamento do presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, na cidade alemã de Colônia — onde 10.000 pessoas se reuniram em favor do governo turco no domingo 31. Contudo, também nesta segunda, autoridades turcas admitiram pela primeira que podem ter cometido excessos na punição aos conspiradores da tentativa de golpe militar que ocorreu no país em 15 de julho. Em tom conciliador, o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, chegou a admitir que alguns cidadãos “foram vítimas de processos injustos”. Até agora, milhares de militares, jornalistas, professores e oficiais do governo foram presos ou processados, acusados de conspirar contra o governo.

Uber e Didi na China

O aplicativo de transporte urbano Uber anunciou nesta segunda-feira a fusão de suas operações na China com o concorrente chinês Didi. Como parte do acordo, o Didi também se compromete a investir 1 bilhão nas operações globais da Uber. Além disso, investidores da Uber China terão 20% das ações da nova companhia após a fusão. Com valor de mercado estimado em 7 bilhões, segundo pessoas próximas à negociação, a Uber China fará o valor de mercado do Didi saltar para 35 bilhões. Por não conseguir competir com o Didi em terras chinesas, a Uber já teria perdido cerca de 2 bilhões na tentativa de alavancar seus negócios no país e poderá, agora, destinar seus esforços à expansão para outros locais.