Brasil terá boa meta para redução de gases estufa, diz Dilma

A meta para redução das emissões de gases estufa será anunciada pelo Brasil no domingo e o governo promete que será ambiciosa

Nova York – A presidente Dilma Rousseff afirmou que o Brasil já fechou a meta para redução das emissões de gases estufa, mas não quis antecipar qual seria essa meta.

“Vai ser uma boa meta. O Brasil sempre dá sua contribuição. Nós somos um país especial nessa área. Nós reduzimos em 82% o desmatamento. Nós temos uma matriz energética hidrelétrica, solar e eólica. Nós somos um país em que os automóveis usam, no mínimo, 27,5% de etanol na mistura (à gasolina)”, afirmou a presidente ao deixar o hotel onde está hospedada em Nova York, para o encontro bilateral com o presidente do Irã, Hassan Rohani, na tarde desta sexta-feira, 25.

A meta será anunciada pelo Brasil no domingo e o governo promete que será ambiciosa.

Ao ser questionada se outras áreas, além das que envolvem o desmatamento, vão ter de dar a sua contribuição, a presidente Dilma respondeu: “Óbvio. Já entraram. Nós temos agricultura de baixo carbono. Nosso plano agrícola e pecuário hoje prevê todo financiamento para agricultura de baixo carbono. Vocês não vão tirar um número de mim. Vocês vão escutar no domingo”, disse a presidente.