Brasil entra na lista de países mais desenvolvidos em matemática

Candidatura do Brasil ao Grupo 5 foi apresentada em 2017 ao organismo internacional que congrega as sociedades matemáticas de países de todo o mundo

O Brasil acaba de ingressar no seleto grupo de dez países que reúne as nações mais desenvolvidas em pesquisa matemática.

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) fizeram o anúncio na quinta-feira, 25, na sede do Impa.

A candidatura do Brasil ao Grupo 5 foi apresentada em 2017 ao organismo internacional que congrega as sociedades matemáticas de países de todo o mundo.

Atualmente, 76 nações fazem parte União Internacional da Matemática (IMU), criada em 1920 para promover a cooperação internacional. Os países são divididos em cinco categorias por ordem de excelência.

Além do Brasil, os países que integram o grupo 5, o mais nobre, são: Alemanha, Canadá, China, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia.

“O fato de o Brasil estar agora ao lado dos países de maior expressão e relevância na matemática global representa o reconhecimento da qualidade da pesquisa feita no país. Mostra que, na matemática, é possível alcançar o sucesso em seu mais alto nível estudando em nosso País”, afirma o diretor-geral do Impa, Marcelo Viana.