Brasil confirma compra de caças suecos

Além dos suecos, estavam na disputa caças da França, o Rafale, e dos Estados Unidos, o F-18

Brasília – O caça de fabricação sueca Gripen, da Saab, será o escolhido para o programa FX-2.

O anúncio oficial sobre a concorrência que já foi adiada por cerca de dez anos será feito nesta quarta-feira, 18, às 17 horas, pelo ministro da Defesa, Celso Amorim. Além dos suecos, estavam na disputa caças da França, o Rafale, e dos Estados Unidos, o F-18.

Na Força Aérea, o Gripen sempre foi considerado favorito porque, apesar de ter muitos componentes dos EUA, é um projeto a ser desenvolvido em parceria conjunta com o Brasil.

Na semana passada, de acordo com o que apurou a reportagem, a presidente Dilma Rousseff teria mandado recado para o presidente francês, François Hollande, que não desejava tratar deste assunto durante a visita porque estaria insatisfeita com questões na parceria para compra de equipamentos da Marinha.

Da mesma forma, Dilma está muito insatisfeita com os EUA por causa da espionagem sobre ela e empresas do governo. Este fato praticamente enterrou a parceria com os norte-americanos. Desta forma, sobrou o avião sueco.

“O que precisamos é de um caça, o mais rápido possível porque a partir de dezembro o nosso deixa de operar. Estamos muito felizes com a notícia”, comemorou um brigadeiro, após ouvir a informação dada pela presidente.