Bolsonaro planeja pronunciamento após aprovação da Previdência na CCJ

Governo ainda tenta fechar um acordo com os líderes na Casa para permitir a aprovação da proposta

Brasília — O presidente Jair Bolsonaro planeja fazer um pronunciamento para agradecer os parlamentares pela aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara se a votação ocorrer até a quarta-feira, disse à Reuters o porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros.

O governo ainda tenta fechar um acordo com os líderes na Casa para permitir a aprovação da proposta.

Na manhã desta terça-feira, 23, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, se reuniu com líderes do PP e do PR em mais uma etapa das negociações para garantir a votação da reforma na CCJ.

Na semana passada a proposta foi retirada da pauta de votação pelo risco, na avaliação dos líderes alinhados com o governo, de derrota.

A intenção do pronunciamento é mostrar apreço pelo Congresso, diante das dificuldades que o governo tem enfrentado na articulação política.