Bolsonaro diz que, se houver indulto de Natal neste ano, será o último

"Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro", escreveu o presidente em seu Twitter

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que, se houver indulto de Natal para presos neste ano, certamente será o último.

“Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, afirmou Bolsonaro no Twitter.