Bolsonaro acusa Jean Wyllys de “heterofobia” em avião; veja

“Em clara demonstração de intolerância, preconceito, discriminação e heterofobia, Jean Wyllys levantou-se e acomodou-se em outro assento”, escreveu Bolsonaro.

São Paulo – O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) publicou um vídeo na internet em que diz ter sido discriminado pelo também deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ).

As imagens mostram o momento em que Bolsonaro entra num avião e avisa a Jean Wyllys que estará sentado ao seu lado durante o voo. Wyllys então se levanta e muda de assento. Tô me sentindo discriminado. Imagine se fosse o contrário, diz Bolsonaro, com a câmera na mão.

O deputado Bolsonaro é conhecido por suas posições contrárias aos direitos dos homossexuais e está no extremo oposto político de seu colega Jean Wyllys.

No Facebook, Bolsonaro escreveu: Surpreendentemente, em clara demonstração de intolerância, preconceito, discriminação e heterofobia, o deputado Jean Wyllys levantou-se e acomodou-se em outro assento.

Se fosse eu quem tivesse praticado tal atitude, pelo PLC 122/2006 (Senado), que criminaliza a homofobia, estaria sujeito à pena de 1 a 3 anos de reclusão, além da perda do mandato e o fato seria noticiado pela maioria dos telejornais, continuou o deputado. Bolsonaro é contra a criminalização da homofobia.