BNDES libera R$ 1,5 bi para metrô e CPTM, diz Alckmin

Para a obra da Linha 2 do Metrô será quase R$ 1 bilhão, e meio bilhão para a linha 8 da CPTM

Rio – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que participou nesta terça-feira da Cúpula Mundial dos Estados, evento do calendário da Rio+20, informou que amanhã a direção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assina dois financiamentos para o Estado de São Paulo, num total de cerca de R$ 1,5 bilhão.

“Para a obra da Linha 2 do Metrô será quase R$ 1 bilhão, e meio bilhão para a linha 8 da CPTM”, afirmou o governador.

Ao ser questionado se o acordo do PT com Paulo Maluf pode auxiliar o ex-governador José Serra na disputa pelo governo de São Paulo, Alckmin respondeu, visivelmente contrariado: “Isso vocês têm que perguntar para o PT”. E encerrou a entrevista.

A Cúpula dos Estados está sendo realizada no Pavilhão Rio de Janeiro, no Parque dos Atletas, ao lado do Riocentro, onde os chefes de Estado se reúnem, a partir de quarta-feira, na cúpula da Rio+20.