Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

ÀS SETE - Barroso determinou a quebra do sigilo bancário do presidente Temer na investigação de supostos crimes na edição de um decreto dos portos

Barroso quebra sigilo de Temer

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso determinou a quebra do sigilo bancário do presidente Michel Temer na investigação de supostos crimes na edição de um decreto dos portos. Em nota, a assessoria do presidente alegou que ele “solicitará ao Banco Central os extratos de suas contas bancárias referentes ao período mencionado hoje no despacho do eminente ministro Luís Roberto Barroso”. “O presidente dará à imprensa total acesso a esses documentos. Ele não tem nenhuma preocupação com as informações constantes em suas contas bancárias”, disse. É a primeira vez que um presidente tem seus dados financeiros abertos por decisão judicial durante o mandato.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Maia quer ser presidente

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou nesta segunda-feira que será candidato à Presidência da República.”É uma construção que já vem acontecendo ao longo dos meses”, disse Rodrigo Maia em entrevista à rádio Bandeirantes. “Muitos colegas, parte da sociedade civil, alguns empresários estão vendo nossa gestão na Câmara, essa coragem de enfrentar temas de muitos anos atrás. Agora é esperar a convenção do partido”. Mesmo com a entrevista de seu pai, o ex-prefeito e vereador do Rio, Cesar Maia, dizendo que não gostaria de vê-lo como candidato e aposta em Geraldo Alckmin (PSDB) nas eleições, Rodrigo Maia se colocar como alternativa de centro-direita ao governador de São Paulo. “O Brasil vive esse ciclo desde a redemocratização e depois a polarização PT e PSDB, que já acabou. As pesquisas já mostram uma rejeição contra esses partidos”

Novidade na esquerda

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, anunciou nesta segunda-feira sua filiação ao PSOL para disputar a eleição presidencial em outubro. Segundo aliados, Boulos pretende herdar parte dos votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e criar bases para a articulação de uma “nova esquerda” a partir de 2019. “O mundo não vai terminar em outubro de 2018, e o que nós temos que pensar é um novo projeto de esquerda para o país, amplo, combativo, que enfrente os grandes temas nacionais”, disse Boulos.

BRF perde R$ 5 bi

As ações da companhia de alimentos BRF caíram 19,8% nesta segunda-feira, levando a uma perda de quase 5 bilhões de reais em valor de mercado. Com a queda, as ações fecharam em 24,73 reais — o valor mais baixo para o papel desde agosto de 2011. Desde que o empresário Abílio Diniz promoveu uma grande mudança na gestão da companhia, em julho de 2015, a BRF perdeu mais de 37 bilhões de reais em valor de mercado. O ex-presidente da companhia, Pedro de Andrade Faria, e o ex-vice-presidente Hélio Rubens Mendes dos Santos Júnior foram presos na nova fase da Operação Carne Fraca, que mira fraudes laboratoriais no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Oi: minoritários querem mudança

A associação de investidores minoritários da telefônica Oi, Aidmin, pediu o afastamento imediato do presidente da companhia, Eurico de Jesus Teles Neto, conforme noticiou EXAME. O pedido, enviado ao Ministério Público Federal, também requeria o afastamento do diretor financeiro e estatutário, Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão, e do presidente do conselho de administração da companhia, José Mauro Mettrau Carneiro da Cunha. O motivo do pedido, segundo a associação, seriam “atos ilegais, praticados no âmbito da administração da Companhia Oi S.A. e que ferem os preceitos da Lei das S/A e do estatuto da Companhia”. Em nota, a Oi afirma que refuta as manifestações da associação que, segundo ela, visam atacar a empresa e seu presidente.

Expectativa da inflação cai

Analistas do mercado financeiro reduziram as previsões de inflação para 2018 e 2019, segundo o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira. As apostas para o IPCA, medidor da inflação no Brasil, deste ano caíram pela quinta semana seguida, de 3,73% para 3,70%. E as expectativas para o indicador no próximo ano foram reduzidas pela primeira vez após 48 semanas de estabilidade, de 4,25% para 4,24%. Em entrevista à rádio CBN, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, evitou se comprometer, mas não descartou mais um corte na taxa básica de juros (Selic) na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de março.

Roubo em Viracopos

Uma quadrilha de cinco homens invadiu a pista do aeroporto de Viracopos, em Campinas, para um roubo de 5 milhões de dólares em espécie da empresa de valores Brinks. Armados com fuzis, os ladrões entraram no terminal de cargas do aeroporto por meio de um acesso lateral, utilizando uma caminhonete Toyota Hilux semelhante às viaturas de segurança da pista do aeroporto. Os cerca de 16,5 milhões de reais estavam carregados em um avião da Lufthansa e tinham como destino a cidade de Zurique, na Suíça. A Polícia Federal investiga o caso.

Eleições deixam Itália incerta

A apuração dos votos das eleições italianas indicam para a vitória do Movimento 5 Estrelas. Realizado no domingo, as eleições parlamentares no país elegeram 630 deputados e 315 senadores. Por não possuir um discurso claro, o Movimento 5 Estrelas foi o mais votado, mas não conseguiu maioria no Parlamento. Com isso, o grupo terá que fazer coalizões caso queira governar o país. A coligação de direita e extrema-direita que une quatro partidos, entre eles o Força Itália, de Silvio Berlusconi também conseguiu grande número de votos. Com isso, o país vai precisar formar uma coalizão para poder formar um governo. Caso não consiga, novas eleições podem ser convocadas.

Trump quer reforma do Nafta

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou, nesta segunda-feira, que é necessário uma reforma no Nafta (Tratado Norte-Americano de Livre Comércio). Em seu Twitter, o presidente americano disse que os déficits comerciais do México e do Canadá prejudicam o país, e que as tarifas sobre a importação de aço e alumínio poderiam ser retiradas para os dois países se um novo acordo for assinado. O comentário do presidente americano foi publicano no mesmo dia em que os países retomaram a última rodada de negociações sobre o tratado. Na semana passada, Trump anunciou que aumentaria a tarifa de importação dos metais como uma medida para proteger e refazer as indústrias do setor no país. O governo americano afirmou que os detalhes das medidas devem ser anunciados nesta semana, e que o presidente pode assinar um decreto para que elas entrem em vigor.

Delegados chineses concordam com perpetuação de Xi no poder

Delegados das províncias chinesas receberam a proposta de mandato indefinido do país de maneira positiva, nesta segunda-feira. Durante a reunião anual do Congresso Chinês, o governo propôs que o presidente Xi Jinping permaneça no poder por tempo indeterminado. Embora alguns críticos tenha atacado a medida nas redes sociais (acusando o país de agir como o governo ditador da Coreia do Norte), delegados de algumas províncias chinesas comemoraram a proposta. Para estes, um bom governante deveria permanecer no país, sem necessidade de troca. A decisão do Partido Comunista de anular o limite de dois mandatos, tomada no mês passado, deve ser ratificada com uma emenda constitucional durante a sessão parlamentar de duas semanas. Recentemente Xi iniciou seu segundo mandato de cinco anos. Além dos delegados chineses, a proposta foi vista com bons olhos pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Eu um áudio vazado pelo emissora CNN, o presidente comentou, em uma reunião, que a decisão era “ótima”, e que os Estados Unidos também deveriam pensar em uma medida como essa.