Barbosa diz que decisão sobre prisão de condenados sai na 6a

O presidente do STF se pronunciará contra ou a favor do pedido do procurador-geral da República para a prisão imediata dos réus condenados pelo julgamento do mensalão

Brasília – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, disse que anunciará na sexta-feira sua decisão sobre o pedido do procurador-geral da República de prisão dos réus condenados na ação penal do mensalão.

“Amanhã vocês terão conhecimento do teor do pedido, a sua fundamentação, a sua motivação e terão também o conteúdo da minha decisão, que deve ser breve”, disse Barbosa, que também foi o relator da ação, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

O procurador-geral Roberto Gurgel encaminhou na noite de quarta-feira ao Supremo manifestação pedindo a prisão dos réus condenados pelo julgamento do mensalão, encerrado nesta semana.

O processo do mensalão teve 25 condenados, 11 dos quais a regime fechado (acima de 8 anos de prisão), entre eles o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu.

Ao aceitar o pedido do Ministério Público Federal, Barbosa determinaria a prisão dos 11 e poderia indicar um pedido de vagas para os réus condenados a regime semiaberto.