Bancários em greve pedem abertura de negociações com bancos

Grevistas querem reajuste salarial de 11,93% e melhores condições de trabalho

Brasília – Em greve há 15 dias, os bancários do Distrito Federal fazem hoje (04) um ato público no Setor Bancário Sul para reivindicar a abertura de negociações com os bancos e apresentação de resposta às reivindicações da categoria.

“Esperamos que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) venha a apresentar uma proposta que contemple a categoria, caso contrário, vamos continuar em greve”, disse Paulo Frazão, diretor do sindicato. Ele calcula que 90% das agências estão paradas”.

Os bancários fazem greve desde 19 de setembro, mas, até agora, não houve negociação.

Os grevistas querem reajuste salarial de 11,93% e melhores condições de trabalho.

A Fenaban não respondeu ao pedido de entrevista da Agência Brasil até o fechamento da matéria.