Ator de “Chiquititas” é assassinado com os pais em SP; sogro é suspeito

O ator de Chiquititas Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e seus pais foram assassinados após algum desentendimento com o pai de sua namorada

São Paulo – O ator de Chiquititas Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e seus pais foram assassinados na tarde deste domingo, 9, na zona sul de São Paulo. Os disparos supostamente aconteceram após algum desentendimento com o pai da namorada de Rafael, que abriu fogo contra a família do jovem.

Segundo o site G1, Rafael, conhecido por seu papel na novela Chiquititas, e seus pais João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, haviam ido à casa da namorada dele conversar sobre o namoro. O ator já havia atuado em produções da TV Globo e em comerciais.

O comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48 anos, fugiu do local e ainda não foi localizado. O crime foi cometido na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, e o autor está sendo procurado pela polícia.

A Polícia Militar atendeu a um chamado para ocorrência com disparos de arma de fogo às 13h45, de acordo com informações da assessoria de imprensa da corporação. Os corpos foram encontrados em via pública. O caso deverá ser investigado pelo 98º Distrito Policial (Jardim Miriam).

Relato da namorada

Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Henrique Miguel, ator assassinado no último domingo, 9, usou suas redes sociais para lamentar a morte do companheiro e pedir respeito pelo momento de luto. O casal namorava há um ano e dois meses. O assassino, que seria o pai de Isabela, também matou os pais do jovem ator.

Em uma publicação no Facebook, a jovem de 18 anos compartilhou imagens do último encontro que teve com o namorado: “E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E aconteceu. O melhor dia das nossas vidas, de longe. Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois”.

Em outro trecho do texto, Isabela relata o sofrimento que está vivendo, mas promete se lembrar do namorado para sempre: “Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo. Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder! Eu jamais amei alguém como amo você. E jamais amarei outro”, disse.

Na madrugada desta segunda-feira, 10, a jovem publicou mais mensagens em seu perfil na rede social. “Só queríamos ser livres pra amar, sem medida”, escreveu em uma nova postagem. Em outra, pede respeito pelo momento de luto: “Peço, encarecidamente, que respeitem esse momento. Antes dele ser uma figura pública, ele era um ser humano. O ser humano mais maravilhoso que existiu. Atacar a mim e aos restantes familiares e amigos não vai trazer ninguém de volta. Tenham compaixão”.