Assista ao discurso de Lula em missa após ordem de prisão

Lula faz primeiro discurso após mandado de prisão; assista ao vivo

São Paulo – Após muita expectativa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursa, neste sábado (7), em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, após a missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia. No pronunciamento que durou quase 1 hora, o petista afirmou que irá cumprir o mandado de prisão. Ele deixou o carro de som, onde discursou, carregado por apoiadores. 

13:00 — Lula encerra discurso pedindo à militância que siga mobilizada

Lula encerra seu discurso em São Bernardo do Campo pedindo à militância que não se desmobilize: “Eles têm de saber que a morte de um comandante não para a revolução”. “Nossos verdadeiros amigos são aqueles que têm coragem de invadir um terreno para fazer uma casa, que têm coragem de fazer uma greve”. Os seguidores presentes aplaudem e gritam a palavra de ordem habitual do PT: “Lula, guerreiro, do povo brasileiro”.


12:45 — Lula sugere que vai se entregar à PF e pede censura à imprensa

“Vou atender ao mandado deles. Quero transferir a responsabilidade a eles”, disse o ex-presidente Lula em discurso em São Bernardo do Campo, dando a entender que vai se entregar à Polícia Federal. Lula ainda clama por censura à imprensa: “Eles têm que saber que vamos fazer uma regulação para que o povo não seja vítima da mentira”. E prega contra as privatizações: “Não vamos deixar venderem a Petrobras”. O tempo todo o discurso contrapõe “nós” e “eles”.


12:40 — Lula acusa a imprensa e a Lava Jato de terem antecipado morte de Marisa

Lula segue distribuindo acusações em seu discurso para militantes petistas em São Bernardo. Muitas delas se dirigem à imprensa e à Justiça brasileira. “A antecipação da morte da Marisa foi obra da imprensa”, disse Lula. Ele também acusou os juízes, sem especificar quais, de fazer política em vez de fazer justiça. E atacou a rede Globo de televisão: “A Lava Jato e a Globo têm um sonho de consumo. Além de dar o golpe contra Dilma, querem que Lula não possa ser candidato. Outro sonho de consumo deles é ver Lula preso. Fico imaginando o ‘tesão’ da Veja em colocar, na capa, minha foto preso. Vão ter orgasmo múltiplo”, disse Lula.


12:30 — Lula ataca Deltan Dallagnol e a imprensa em discurso

Em seu discurso para apoiadores em São Bernardo do Campo, Lula ataca Deltan Dallagnol. Sem citar o nome do procurador, faz referência à confusa apresentação em PowerPoint em que Dallagnol tentou explicar as acusações contra Lula, sem muito sucesso.\“Tenho mais de 70 horas de Jornal Nacional me triturando. Tenho mais de 70 capas de revistas me atacando”, disse. Os petistas presentes no local aplaudem.


12:25 — Lula relembra sua trajetória como líder sindicalista

Discursando para apoiadores em São Bernardo do Campo, Lula rememora sua trajetória como sindicalista. Ele lembra um acordo que fechou com as indústrias que foi muito criticado pelos trabalhadores mais radicais “Nos chamaram de pelegos”, disse.


12:00 — Lula discursa em São Bernardo e elogia aliados do PSOL e do PCdoB

Em seu discurso após a missa em memória de Marisa Letícia, Lula elogiou Eduardo Suplicy, que chegou a dizer que gostaria de acompanhar o ex-presidente na prisão. Também homenageou líderes sindicais e aliados como Paulo Boulos, do PSOL, e Manuela D’Ávila, do PCdoB. Mas falou pouco sobre Fernando Haddad, apontado como um possível candidato do PT à Presidência.