Assessor de Dilma deve passar por cirurgia no coração

Garcia, de 71 anos, foi internado no Instituto de Cardiologia de Brasília no domingo após ser submetido a exames de rotina

Brasília – O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, foi internado em um hospital de Brasília e deve passar por uma cirurgia para corrigir um problema cardíaco, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

Garcia, de 71 anos, foi internado no Instituto de Cardiologia de Brasília no domingo após ser submetido a exames de rotina, explicaram à Agência Efe porta-vozes da Presidência.

Nesses exames, os médicos detectaram “problemas cardíacos”, sem dar mais detalhes, por isso que o assessor deverá passar por uma intervenção cirúrgica ainda nesta semana.

Marco Aurélio Garcia ocupa o cargo de assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência desde janeiro de 2003, quando Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao poder.

Garcia permaneceu no posto mesmo quando Lula foi substituído por Dilma Rousseff, em 2011, e é considerado uma das peças-chave na política externa do país, sobretudo em relação à América Latina e o Caribe.

Com fortes convicções, foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) e se formou em filosofia e direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, seu estado natal.

Na década de 80, no papel de secretário de relações internacionais do PT, foi um dos fundadores do Foro de São Paulo, mecanismo que agrupa partidos de esquerda de toda América Latina.