Arsesp autoriza alta dee 3,14% para tarifas da Sabesp

Para a tarifa residencial social, o valor do fornecimento de até 10 metros cúbicos de água passa de R$ 5,53 para R$ 5,70, por mês

São Paulo – A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foi autorizada pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) a reajustar as tarifas sobre faturas emitidas a partir de 11 de dezembro, conforme deliberação publicada nesta sexta-feira, 1, no Diário Oficial.

O reajuste estabelecido para todos os segmentos de consumo foi de 3,14%, que corresponde à correção da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período de julho de 2012 a julho deste ano, que foi de 6,27%, menos um porcentual de eficiência e, também, descontado integralmente o porcentual de 2,35% concedido em abril, a título de antecipação da revisão tarifária.

Para a tarifa residencial social, o valor do fornecimento de até 10 metros cúbicos de água passa de R$ 5,53 para R$ 5,70, por mês. A decisão da Arsesp deixa fora deste reajuste os municípios de Lins, Magda e Glicério. Para estes municípios valem as tarifas e demais condições publicadas em Deliberações próprias.