Após Wall Street Journal, The New York Times elogia Haddad

A matéria se soma à reportagem do The Wall Street Journal, publicada dia 23 de setembro, que também elogia as ações lideradas pela Prefeitura de São Paulo

Matéria publicada em outubro de 2015

São Paulo – Em meio a uma sucessão de políticas desastrosas ao longo dos anos que pioraram o problema de mobilidade urbana na cidade de São Paulo, o prefeito Fernando Haddad (PT) lidera um movimento que desafia a supremacia do automóvel, afirma o jornal The New York Times em uma reportagem publicada na edição deste domingo, 4.

O jornal norte-americano faz um elogio às políticas iniciadas pelo prefeito e critica gestões anteriores que teriam “arrasado praças rodeadas de árvores, demolido pérolas da arquitetura e investido pouco em transporte público”.

A matéria se soma à reportagem do The Wall Street Journal, publicada dia 23 de setembro, que também elogia as ações lideradas pela Prefeitura de São Paulo.

O NYTimes cita que Haddad se inspira em políticas de Nova York, Bogotá, Paris e outras cidades para construir centenas de quilômetros de ciclovias e de corredores de ônibus, alargar calçadas, reduzir limites de velocidade, limitar estacionamentos em lugares públicos e proibir carros em “proeminentes avenidas”, em referência ao fechamento da Avenida Paulista nos finais de semana.

A publicação também lembra que Haddad é criticado por uma parcela dos paulistanos por conta da amplitude de suas políticas e da pressa com que elas estariam sendo implementadas.

Para o jornal, as reclamações refletem “a resistência a qualquer proposta feita pelo Partido dos Trabalhadores (PT)”, ao qual o prefeito pertence e que é suspeito de participar de diversos escândalos de corrupção.