Dilma diz que dinheiro do Bolsa Família é “sagrado”

Segundo a presidente, o boato sofre o fim do benefício é "absurdamente desumano" e será investigado, uma vez que levou intranquilidade às famílias beneficiadas

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira que o dinheiro do Bolsa Família é “sagrado” e o benefício é um compromisso de seu governo, após terem sido espalhados boatos pelo país sobre o fim do programa.

Segundo a presidente, o boato é “absurdamente desumano” e será investigado, uma vez que levou intranquilidade às famílias mais pobres do país beneficiadas pelo programa.

Os boatos, que começaram a surgir na tarde de sábado, provocaram uma corrida dos beneficiários a caixas eletrônicos de algumas capitais. A Polícia Federal já iniciou uma investigação.

“É algo absurdamente desumano o autor desse boato, além de ser desumano, é criminoso, por isso nós colocamos a Polícia Federal para descobrir a origem de um boato que tinha por objetivo levar a intranquilidade a milhões de brasileiros que nos últimos 10 anos estão saindo da pobreza extrema”, disse Dilma em discurso durante cerimônia em Ipojuca (PE), que marcou o início das operações do petroleiro Zumbi dos Palmares.

“O compromisso do meu governo com o Bolsa Família é um compromisso forte, profundo e definitivo. Nós não abriremos mão do Bolsa Família”, acrescentou Dilma.

O programa beneficia atualmente 13,8 milhões de famílias, segundo o governo, e completa 10 anos em outubro.