Anvisa proíbe suplementos alimentares da empresa Timol

Alimentos e equipamentos magnetizadores de água contém medicamentos que não estão comprovados pela agência

São Paulo – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu na tarde de terça-feira (12) a distribuição e venda de suplementos alimentares da empresa Timol. Lotes dos produtos “Kit Saúde” e “Kit Boa Forma” foram vetados para venda e distribuição.

O primeiro composto é derivado de chorela em tabletes e suplemento polivitamínico e mineral, enquanto o segundo é feito de óleo de coco e chia em cápsulas e colágeno hidrolisado e vitamina C em cápsulas.

A determinação ocorreu porque a empresa Timol Indústria e Comércio de Produtos Magnéticos Eireli – EPP, que fabrica os suplementos, não possui alvará sanitário.

Da mesma marca foi vetada a propaganda em veículos de comunicação do magnetizador de água da marca Sylocimol e mineralizador da marca Top H+.

Os alimentos e equipamentos magnetizadores e mineralizadores de água contém indicações medicamentosas que não são autorizadas pela Anvisa.