Ameaça de bomba fechou estação do metrô do RJ por 20 minutos

Um policial do Esquadrão Antibombas da Polícia Federal examinou objeto suspeito, uma garrafa metálica deixada perto de uma lixeira, e descartou o perigo

Rio de Janeiro – Um falso alerta de bomba na passarela da estação Maracanã do metrô do Rio de Janeiro provocou nesta sexta-feira o fechamento temporário da estação, que dá acesso ao estádio do Maracanã, e da Radial Oeste, pouco antes do fim do jogo entre França e Alemanha pelas quartas de final da Copa do Mundo, segundo fontes oficiais.

A estação permaneceu fechada pouco mais de 20 minutos e foi reaberta depois que um policial do Esquadrão Antibombas da Polícia Federal (PF) examinou o objeto suspeito, uma garrafa metálica deixada perto de uma lixeira, e descartou que fosse perigosa.

Segundo a PF, uma ligação anônima alertou que havia uma bomba em uma garrafa que estava na passarela, onde os torcedores precisam passar depois de deixar o trem e o metrô para chegar ao estádio do Maracanã, que hoje recebeu cerca de 74 mil torcedores.

A assessoria do Metrô Rio informou que a estação ficou 22 minutos fechada e que, depois da foi rechaçada a possibilidade de qualquer risco que não existia nenhum risco a passagem foi liberada. EFE