Aliança com Marina tem muita força, reafirma Campos

Ex-governador negou que as quedas de braço em torno das definições das coligações estaduais deixam a aliança "frágil"

São Paulo – O presidenciável do PSB, Eduardo Campos, disse que sua aliança com sua companheira de chapa Marina Silva continua com muita força.

Questionado nesta quarta-feira por Sônia Abrão no programa A Tarde é Sua, da Rede TV, se as quedas de braço em torno das definições das coligações estaduais deixam a aliança “frágil”, Campos negou.

“Tinha é muita gente torcendo para que essa aliança não desse certo, ela é uma aliança que tem muita força”, afirmou.

Campos argumentou ainda que a parceria do PSB com a Rede Sustentabilidade de Marina, que não é formalmente um partido, é a que tem o maior número de palanques conjuntos nos Estados e disse que, no PSB, há um respeito às estruturas internas democráticas dos partidos.

“Seria complicado se a sociedade brasileira visse eu e Marina concentrando a decisão nas nossas mãos, como chefes poderosos que não respeitam a decisão dos outros”, afirmou.

O pessebista também repetiu o mantra de sua pré-campanha contra a polarização tradicional da política entre PT e PSDB. “A polarização ‘nós e eles’ não é boa para o Brasil”, disse.