Alckmin fala em punição exemplar no caso Alstom

O governador se disse favorável à investigação das denúncias contra os 11 acusados de integrar um esquema de corrupção

São Paulo – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse nesta quarta-feira, 19, que é favorável à investigação das denúncias contra os 11 acusados de integrar um esquema de corrupção da multinacional francesa Alstom.

“Se ficar comprovada qualquer irregularidade, (deve haver) punição exemplar”, disse, acrescentando que “nenhum deles hoje pertence ao governo nem tem nenhuma relação com ele”.

A denúncia do Ministério Público Federal foi aceita anteontem pela Justiça Federal em São Paulo e envolve ex-dirigentes de estatais de energia do governo.

O pagamento de propinas pela Alstom teria ocorrido entre 1998 e 2003, governos Mário Covas e Geraldo Alckmin. Na época de Alckmin, as estatais já haviam sido privatizadas.

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Robson Marinho é investigado em inquérito que está sob a guarda do Superior Tribunal de Justiça e ainda não foi denunciado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.