Ainda não há decisão definitiva sobre embaixada de Israel, diz Heleno

A fala do ministro do GSI contradiz a afirmação do premiê de Israel de que Bolsonaro já havia confirmado a mudança

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general da reserva Augusto Heleno, disse nesta quinta-feira que ainda não há uma decisão definitiva sobre a transferência da embaixada brasileira em Israel, mas ressaltou que há uma clara intenção nesse sentido.

Em entrevista a jornalistas após visita do presidente Jair Bolsonaro à Secretaria de Segurança e Coordenação Presidencial do GSI, Heleno disse também que é natural que aconteça uma aproximação do Brasil com Israel e Estados Unidos na área de defesa.

No domingo passado, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou que Bolsonaro havia dito a ele que é uma questão de “quando, não de se” a embaixada será transferida de Tel Aviv para Jerusalém.

Mas uma fonte graduada do novo governo, que pediu para não ser identificada, mostrou cautela com a declaração do premiê israelense. “Só se comenta decisão, a qual ainda não foi tomada”, disse a fonte à Reuters.