Água em Governador Valadares deverá voltar na segunda-feira

O tratamento da água foi interrompido no início da semana, quando a lama chegou à cidade após o rompimento de duas barragens em Mariana

Brasília – O abastecimento de água de Governador Valadares, em Minas Gerais, com captação da água do Rio Doce, deverá ser retomado amanhã (16). O tratamento da água foi interrompido no início da semana, quando a lama chegou à cidade após o rompimento de duas barragens de rejeitos gerenciadas pela mineradora Samarco, em Mariana, no mesmo estado.

A afirmação foi feita pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que visitou a região ontem (14) com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, e a prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa, que se reuniram com representantes da Samarco.

“Já temos laudos que apontam a possibilidade de voltar a utilizar a água do rio Doce, após tratada. Provavelmente, de domingo para segunda a gente já começa a colocar na rede de distribuição da cidade a água tratada com grau de potabilidade assegurado pelos laudos”, afirmou o governador.

A Samarco se comprometeu a instalar estação de tratamento de água móvel em Governador Valadares. Outras duas estações de tratamento da cidade, que não estavam em funcionamento, serão reativadas para captar água dos rios Suassuí Pequeno e Suassuí Grande. “Uma começa na terça-feira (17) e outra na sexta-feira (20), de modo a garantir o abastecimento de água aos carros-pipas que estão sendo utilizados aqui no município”, explicou Occhi.