Aeroportos terão máquinas para venda de bebidas e alimentos

Equipamento estará disponível até o final do ano nos aeroportos das cidades que vão receber a Copa do Mundo em 2014

Brasília – Os aeroportos das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 terão máquinas de venda de bebidas e alimentos a partir do final do ano. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) assinou hoje (11) contrato com três empresas para a instalação de 143 pontos de vendas, que serão distribuídos pelos saguões e salas de embarque e desembarque domésticos e internacionais.

A estimativa é que os equipamentos entrem em funcionamento para atender a demanda da alta temporada de fim de ano. As máquinas oferecerão bebidas não alcoólicas – refrigerantes, sucos e água – lanches – salgadinhos e sanduíches – e cafés e chás. Com vigência de cinco anos a partir de hoje, o contrato prevê que todas as máquinas deverão ter duas opções para pagamento.

As cidades onde a novidade será implantada são Manaus, Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Brasília, Cuiabá, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, além dos terminais de Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ) e da Pampulha (MG), que têm maior concentração de voos domésticos.

Além dos espaços para instalação das máquinas, o contrato prevê a concessão de 15 locais – um para cada aeroporto – destinados ao depósito de alimentos e bebidas, o que deverá ajudar na reposição rápida das mercadorias.