Aeroporto de Guarulhos deve ampliar vagas de estacionamento

Marques reconhece, no entanto, que o principal desafio da concessionária “é o de aumentar o nível de conforto e de satisfação do cliente, que é usuário do aeroporto"

São Paulo – A menos de dois anos de o Brasil sediar a próxima Copa do Mundo de Futebol, o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, ainda tem escassez de vagas nos estacionamentos e outros desconfortos, mas esses problemas deverão ser solucionados antes de 2014, segundo garantiu a direção da concessionária que assumiu ontem (15) o terminal.

De acordo com informações da Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A., em abril do próximo ano será inaugurado o edifício-garagem, permitindo a oferta de mais 2,4 mil vagas. “Até 2014, vamos ter 10 mil vagas nos estacionamentos”, anunciou hoje (16) Antonio Miguel Marques, presidente da empresa.

Marques reconhece, no entanto, que o principal desafio da concessionária “é o de aumentar o nível de conforto e de satisfação do cliente, que é usuário do aeroporto, bem como o de entregar a tempo e a hora as obras que estão sendo feitas para a Copa do Mundo”. Ele informou que a capacidade será suficiente para atender ao aumento da demanda previsto por ocasião da Copa.

A empresa, que ganhou a concessão do terminal até junho de 2032, é formada pela Investimentos e Participações em Infraestrutura S.A. (Invepar), Airports Company South Africa (Acsa) e Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Marques destacou que o terminal já conta com novos banheiros e com pelo menos 600 bancos distribuídos nos mais variados espaços, além de planos de melhoria das condições do ar-condicionado e dos pontos de comércio. Entre os novos estabelecimentos, está prevista a inauguração de restaurante de uma rede norte-americana.


Na avaliação do dirigente, a oferta de transporte por meio dos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) também agregará mais conforto aos usuários. Por enquanto, no entanto, só foram feitas as sondagens do solo para averiguar a possibilidade de construção.

O executivo informou que, no primeiro dia de atuação do grupo à frente do terminal, o aeroporto bateu novo recorde de passageiros, com o transporte de 104 mil pessoas e a realização de 918 operações. “Tudo transcorreu de forma tranquila e com filas minimizadas”, disse ele. A média diária é, aproximadamente, 80 mil passageiros.

Marques explicou que a estratégia adotada pela concessionária é manter uma administração compartilhada com os demais profissionais e empresas que atuam no aeroporto, incluindo os órgãos fiscalizadores, companhias aéreas e lojistas.

As informações foram prestadas durante a inauguração do GRU 360º Espaço Interativo, onde o público pode acionar comandos digitais disponíveis em um conjunto de 21 telas de 46 polegadas para obter dados sobre a história do terminal e indicadores econômicos, entre outros. As informações estão disponíveis em português, espanhol e inglês.