Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

ÀS SETE - Presidente interino do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE) defendeu a renúncia de Aécio Neves da presidência do partido

Aécio volta ao Senado

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) retornou ao Senado na tarde desta quarta-feira depois que seus colegas barraram, por 44 votos a 26, a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que impôs o afastamento do mandato e o recolhimento domiciliar noturno ao senador mineiro. “Será no exercício do meu mandato que irei me defender das acusações absurdas e falsas que tenho sido alvo. Vítima de uma ardilosa armação, uma criminosa armação”, disse Aécio em um rápido discurso.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Presidente interino do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE) defendeu nesta quarta-feira a renúncia do senador Aécio Neves (PSDB-MG) da presidência do partido. A declaração ocorre no mesmo dia em que o correligionário voltou ao Senado após o afastamento. “Eu acho que é [caso de renúncia]. Porque agora ele não tem condições, dentro das circunstâncias que está, de ficar como presidente do partido. E nós precisamos ter uma solução definitiva e não provisória”, disse Tasso, que assumiu interinamente a presidência do PSDB após o afastamento de Aécio. Ambos estão em flancos opostos dentro do partido. Tasso se aproximou da ala que defende o desembarque do governo, enquanto Aécio prega a continuidade dos tucanos na base aliada.

Estreia da Amazon alegra concorrentes

A estreia da varejista americana Amazon em eletroeletrônicos no Brasil foi de festa — para a concorrência. O medo de que a maior varejista online do planeta chegue com o pé na porta no país fez com que as ações das principais concorrentes despencassem desde a divulgação da notícia, na semana passada. Mas a Amazon iniciou as operações à meia-noite e, ao longo da quarta-feira, analistas e consumidores se dedicaram a comparar o serviço com a concorrência. E não acharam nada de mais nos preços, nem nas condições de pagamento, nem no frete. O resultado da decepção está nas ações. A B2W subiu 7,9% nesta quarta-feira; a Via Varejo, 7,96%; o Magazine Luiza, 9,48%; e o Mercado Livre, 3,25% na Nasdaq.

Dow Jones em novo recorde

O Índice Industrial Dow Jones, principal índice do mercado financeiro americano, subiu 0,7% nesta quarta-feira e fechou acima de 23.000 pontos pela primeira vez. Com isso, o índice atinge novo recorde pela quarta vez no ano. Mas a boa notícia vem com uma ressalva. Neste mês, investidores retiraram cerca de 36 bilhões de dólares da bolsa americana, reforçando a impressão de que após tantas altas ações estejam ficando caras em virtude da possível alta nos juros do país.

Atividade econômica recua

O Índice de Atividade Econômica do banco Central (IBC-Br) teve queda de 0,38% em agosto na comparação com julho. O resultado foi o mais fraco em cinco meses e interrompeu dois meses de alta. Considerado a prévia do PIB, o índice recuou mais do que o esperado por analistas, que era uma contração de 0,15%. O mês de agosto teve resultados fracos tanto para a produção industrial quanto para as vendas no varejo e o volume de serviços. Economistas afirmam que as quedas são pontuais e não atrapalham a retoma da economia.

Cade veta aquisição de Júnior Friboi

O tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica vetou, por unanimidade, a compra do frigorífico Mataboi pela empresa JBJ, de José Batista Jr., irmão de Joesley Batista. Por unanimidade, o conselheiros do órgão decidiram que os laços familiares de Batista Júnior, também conhecido como Júnior Friboi, poderiam gerar problema. “As relações entre JBS e JBJ são suficientemente fortes para levar à coordenação entre as empresas, a ponto de ser melhor prevenir riscos concorrenciais”, afirmou o parecer do Cade. As empresas terão 30 dias para separar seus negócios.

Cade aprova Time Warner e AT&T

Em outra decisão, o tribunal do Cade aprovou com restrições a compra da Time Warner pela AT&T, que é dona da Sky no Brasil. A operação foi anunciada mundialmente há um ano e o Brasil era um dos últimos países em que as empresas precisavam de aprovação. No acordo firmado com o Cade, as duas empresas terão de se manter separadas no país, com CNPJ e estrutura própria, e não poderão trocar informações entre elas por um período de cinco anos. Elas não poderão discriminar concorrentes e terão de oferecer os mesmos preços e condições ofertados às empresas do grupo. O Cade terá acesso a várias informações, como preços cobrados, pacotes formados e justificativa de precificação para cada canal separadamente.

Presidente da China anuncia “nova era”

O presidente chinês, Xi Jinping, anunciou, nesta quarta-feira, o “começo de uma nova era”. Na abertura do 19o Congresso do Partido Comunista, em Pequim, o presidente afirmou que os anos em que esteve no poder foram um êxito, e que agora o país ocupa uma posição nova no mundo. Para 205 membros e 2.300 delegados, Jinping afirmou que, no futuro, o país poderá ultrapassar os Estados Unidos. Mas, para que isso ocorra, segundo o presidente, seria necessário reduzir os desequilíbrios do país. A China representa 30% do PIB mundial e cresceu, no último ano, cerca de 7%.

Ministra do Interior de Portugal se demite

A ministra de Administração Interna de Portugal, Constança Urbano, demitiu-se nesta quarta-feira. A demissão ocorreu após a declaração do presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, que disse que o governo deveria tomar medidas imediatas contra os incêndios. Na carta de demissão, a ex-ministra afirmou que vai viver com o peso de 100 mortes sobre suas costas, “até o último dia de sua vida”. Desde o início do semestre, uma série de incêndios no país deixou mais de 100 mortos e mais de 315.000 hectares de florestas devastadas. Está programada para este sábado uma reunião extraordinária para a elaboração de novas medidas contra os incêndios. Para o presidente português, essa pode ser a última oportunidade de converter a floresta em prioridade nacional.

Oposição não se apresenta à Constituinte

A oposição venezuelana não quis se apresentar à Assembleia Constituinte. Nesta quarta-feira, os governadores contrários ao governo do presidente Nicolás Maduro decidiram boicotar a cerimônia de “reconhecimento”, alegando que houve fraude nas eleições. Para a coalizão Unidade Democrática, esses cinco governadores não vão se apresentar à Assembleia, que é um grupo legislativo controverso. A votação ocorreu no domingo passado e elegeu 18 governadores do partido de Maduro. Cinco dos governadores eleitos pertencem à oposição. A coalizão de oposição não pôde comprovar que houve fraude devido ao grande número de abstenções.

Macri manda carta cobrando Temer

O presidente argentino, Mauricio Macri, ainda aguarda uma resposta da carta enviada ao presidente Michel Temer. A carta, expedida no dia 28 do mês passado, reclama da demora de Temer em colocar em prática as ações de integração econômica entre o Brasil e a Argentina. Macri também afirma que os dois países propuseram ao Banco Interamericano de Desenvolvimento alguns projetos binacionais, os quais ainda não foram aprovados. Segundo ele, o atraso nas ações prejudica outras iniciativas, com a União Europeia e com o Mercosul.