Aécio sofre fraturas após cair de cavalo em fazenda

Senador fratura a clavícula e cinco costelas do lado direito após acidente nas proximidades da fazenda de sua família, na região centro-oeste de Minas Gerais

São Paulo – O senador Aécio Neves (PSDB) fraturou a clavícula e cinco costelas do lado direito após sofrer queda de um cavalo nas proximidades da fazenda da família no município de Cláudio, na região centro-oeste de Minas a 139 quilômetros de Belo Horizonte. O acidente ocorreu na tarde de sexta-feira e foi confirmado neste sábado pela assessoria do senador.

Após ser transferido para a capital mineira, Aécio foi atendido no hospital Mater Dei e recebeu alta no fim da tarde deste sábado. O senador foi orientado a permanecer em repouso pelo ortopedista Rodrigo Lasmar.

“Ele fez exames de imagens. Constatamos uma fratura na clavícula e outras fraturas de costelas no lado direito. Ele estava com muita dor e permaneceu as primeiras 24 horas no hospital”, disse Lasmar.

De acordo com o médico, além do repouso – já que as fraturas limitam bastante os movimentos -, o tratamento de Aécio consistirá basicamente na ingestão de medicamentos contra a dor. Segundo Lasmar, não haverá necessidade de cirurgia.

Conforme nota divulgada pela assessoria de Aécio, a previsão é de que o senador esteja apto a retomar suas atividades no Congresso Nacional em pelo menos 10 dias. Pela impossibilidade de engessamento, Aécio teve o braço direito imobilizado com uma tipoia. Ele deverá permanecer com a imobilização pelo período de seis a oito semanas.


“O senador passa bem e encontra-se em sua casa em Belo Horizonte”, diz a nota. A causa da queda não foi informada, mas o cavalo teria se assustado subitamente e tombado, provocando o acidente. Aécio, a princípio, permaneceu em repouso em Cláudio, mas devido às intensas dores que estava sentindo na região peitoral foi transferido no começo da noite de sexta-feira para a capital mineira.

“Parece que o cavalo escorregou e tombou”, afirmou Lasmar, médico da seleção brasileira de futebol.