Aécio recebia mesada de até R$ 2 milhões, diz VEJA

Segundo reportagem da Veja, o colaborador Henrique Valladares teria identificado o parlamentar como o “mineirinho” na lista de propinas da companhia

São Paulo – O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, recebeu “vantagens indevidas” em troca de apoio a projetos da Odebrecht, relataram Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira, e outro executivo da empresa.

Segundo reportagem do site da revista Veja, o colaborador Henrique Valladares teria identificado o parlamentar como o “mineirinho” na lista de propinas da companhia.

Ainda de acordo com Valladares, Aécio recebia mesadas que variavam de 1 milhão a 2 milhões de reais.

Nesta segunda-feira (10), Marcelo Odebrecht também disse, em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria o “amigo” registrado na planilha de propinas milionárias da empreiteira, e que o ex-ministro Antonio Palocci responderia pelo codinome “italiano”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Luiz Henriques

    😂😂