Aécio promete simplificar impostos e a volta do crescimento

Em visita a uma fábrica, Aécio Neves assumiu o compromisso de fazer um choque de logística e infraestrutura no Brasil

Brasília – A simplificação do sistema tributário, a retomada do crescimento econômico, além de mais incentivos para o desenvolvimento do Nordeste foram promessas feitas ontem (21) pelo candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), em campanha pelo Rio Grande do Norte. Em visita a uma fábrica, Aécio assumiu o compromisso de fazer um choque de logística e infraestrutura no Brasil, em especial na Região Nordeste.

O tucano prometeu que, se eleito, fortalecer as agências reguladoras e dar segurança jurídica para que os investimentos externos retornem ao Brasil. “Não podemos nos contentar em sermos o lanterna em crescimento na América do Sul e vendo a inflação de novo corroer o salário dos trabalhadores brasileiros”. Segundo ele, sua mensagem é de fé no futuro e de confiança na capacidade de readquirir condições de competitividade, com geração de emprego e renda.

Aécio Neves disse que sua proposta de governo é antagônica com a atual. “Queremos substituir o perverso aparelhamento da máquina pública pela eficiência e pela meritocracia. Queremos uma interlocução com o mundo que não seja essa ideológica e atrasada, que tem impedido a abertura de novos mercados para quem produz no Brasil. Queremos políticas sociais que não se contentem apenas com a administração da pobreza, como ocorre hoje”.

Em relação à continuidade dos programas sociais e apoio ao Nordeste, Aécio Neves disse que a região será prioridade do seu governo e que os programas sociais como o Bolsa Família serão aprimorados e irão continuar no seu governo. “Não compreendemos a pobreza apenas na vertente da privação da renda. Compreendemos a pobreza também na privação de serviços como saneamento básico, saúde e também na privação de oportunidades”.

Aécio Neves adiantou que, no próximo sábado (23), lançará em Salvador (BA) um programa que ele próprio está chamando de Nordeste Forte, onde serão mostrados os principais eixos de investimentos a serem feitos na Região Nordeste, que passam pela questão tributária, pela logística, pela inovação com investimentos em ciência e tecnologia e valorização das vocações que a região tem. “Não tenho dúvida que teremos o melhor programa para essa região”.