Aécio pede ajuda para tirar o PT do Brasil

Tucano falou sobre "a hora da virada" de sua campanha durante evento na Bahia

Itabuna (BA) – O candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) desfilou em caminhão aberto na tarde desta quinta-feira, 18, em Itabuna, no interior da Bahia, onde foi falar sobre “a hora da virada” de sua campanha e pedir ajuda “para tirar o PT do Brasil”.

E discursou: “Eleição não se ganha de véspera”.

Diante de militantes, o tucano pediu ajuda ao candidato ao governo da Bahia líder nas pesquisas, Paulo Souto (DEM).

“Você, Paulo Souto, vai ganhar a eleição do PT na Bahia, mas vamos fazer essa obra completa. Me ajude a tirar o PT do Brasil. Me ajude a dar ao Brasil um governo decente e honrado. Eu serei, governador Paulo Souto, o seu maior companheiro para que os investimentos voltem a essa região”, pediu Aécio.

Mais entusiasmado depois do aumento de quatro pontos apontado esta semana pela pesquisa Ibope/Estadão/TVGlobo, mas ainda sete pontos atrás de sua adversária Marina Silva (PSB), o candidato entoou discurso otimista e recorreu à memória de seu avô, Tancredo Neves.

“Me lembrei quando Tancredo estava em um momento de extrema dificuldade em sua campanha. E teve a palavra forte de um baiano que disse que aqui na Bahia não se aceita ‘canga’ de ninguém e que o povo baiano apoiaria Tancredo Neves. Foi o que disse Antônio Carlos Magalhães naquele instante. A partir dali, mudou-se o cenário das eleições. E hoje, a partir de agora, tudo vai mudar”, disse.

Aécio relativizou a importância das pesquisas eleitorais. “Ninguém ganha eleição de véspera. A eleição se decidirá no momento em que cada brasileiro e cada brasileira se levantar no domingo, cinco de outubro, e encaminhar-se à urna para dizer o que quer”, discursou.

Pela reação da população que trabalha na avenida Cinquentenário, por onde o candidato passou, ficou evidente que ele ainda é pouco conhecido na região, mas conseguiu atrair a atenção dos populares por estar cercado de algumas das lideranças mais expressivas do Estado, como o candidato a governador Paulo Souto (DEM), líder nas pesquisas de intenção de voto, o concorrente ao Senado Geddel Vieira Lima (PMDB), que também lidera a preferência dos eleitores, e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), cujo slogan é “o melhor prefeito do Brasil”.