Advogado de Pizzolato diz que tentará novo recurso

O advogado confirmou que o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato se apresentará à Justiça, caso seja determinada a prisão imediata

Rio – O advogado Marthius Savio Lobato, que defende o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, um dos condenados no processo do mensalão, disse nesta quinta-feira, 14, que deverá ingressar com embargo infringente, o que poderá postergar o cumprimento da sentença de prisão de seu cliente.

“Eu fiz um embargo de declaração, que interrompe a contagem do tempo, para poder entrar com o embargo infringente. Como Supremo (Tribunal Federal) já admitiu que mesmo quem não teve quatro votos pela absolvição tem direito ao embargo infringente, também quero ter esse direito”.

O advogado confirmou que Pizzolato se apresentará à Justiça, caso seja determinada a prisão imediata. Lobato disse que seu cliente faria uma pequena viagem para visitar parentes, mas acredita que ele já tenha retornado ao Rio.

Porteiros da Rua Domingos Ferreira, em Copacabana, na zona sul, dizem que Pizzolato está no prédio, mas informam que ele não tem deixado a cobertura onde vive com a mulher.