Acidente em Mariana destruiu rede de distribuição de energia

"Devido à gravidade do acidente, não foi possível que a Cemig verificasse a extensão do problema", explicou a própria Cemig

São Paulo – O rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração, na tarde da quinta-feira, 5, entre Mariana e Ouro Preto, destruiu a rede de distribuição da Cemig no local, já que muitos postes foram arrastados.

Segundo a companhia, em nota, cerca de mil clientes estão sem fornecimento de energia.

“Devido à gravidade do acidente, não foi possível que a Cemig verificasse a extensão do problema. Dessa forma, para garantir a segurança da população, a companhia desligou a rede elétrica durante a noite de ontem (5), a partir do distrito de Monsenhor Horta, deixando 1.014 clientes sem energia”, explicou a Cemig, no documento.

A estatal informou ainda que iniciou os trabalhos de verificação dos danos e está tentando, junto à prefeitura de Mariana, apoio de máquinas no entorno da ponte no distrito de Paracatu, que foi arrastada pela lama.

A ponte seria usada para o transporte dos postes e equipamentos necessários para a reconstrução da rede para a retomada dos serviços prestados à população.