Acesso à residência oficial de Temer é bloqueado para imprensa

Duas equipes de reportagem de empresas de comunicação que estavam próximas à portaria do Palácio foram retiradas pela segurança a manhã desta quarta-feira

Brasília – A segurança da Presidência da República fechou os três acessos ao Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente Michel Temer.

Duas equipes de reportagem de empresas de comunicação que estavam próximas à portaria do Palácio, fazendo o trabalho jornalístico, foram retiradas pela segurança a manhã desta quarta-feira, 24. Nem mesmo a circulação de pedestres é permitida no local neste momento.

Está programada para esta quarta a Marcha das Centrais a Brasília, um protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência.

A previsão da organização é reunir 100 mil manifestantes na capital e o movimento deve também pedir a saída do presidente Michel Temer, após as revelações da delação dos executivos da JBS.

O trânsito na Esplanada dos Ministérios está bloqueado desde à 0h desta quarta-feira, assim como várias vias da região central de Brasília.

A última fez que foi fechado o acesso ao Jaburu foi no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, quando Temer, então vice-presidente, fez a solicitação à segurança.

Até a publicação desta matéria, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto não havia se pronunciado sobre o esquema de segurança e nem informado quem o presidente irá receber pela manhã.