Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

ÀS SETE - O banco Goldman Sachs anunciou nesta terça-feira a nomeação de Maria Silvia Bastos Marques, ex-BNDES, como a nova presidente do banco no Brasil

A quarta-feira nas bolsas

A quarta-feira começou com mensagens pouco claras nas bolsas internacionais depois do alívio desta terça-feira. O índice Nikkei, de Tóquio, subiu 0,16% e os principais índices europeus também abriram o dia em alta. Mas a bolsa de Hong Kong recuou 0,89%. Ontem, depois de quedas iniciais, o índice Dow Jones subiu 2,33%, e o Ibovespa avançou 2,48%. A avaliação de analistas é que o risco de derrocada no curto prazo está afastado, mas os desafios no médio prazo continuam os mesmos, a começar por um possível aumento na taxa de juros dos Estados Unidos, que tende a encerrar um período de grande liquidez global.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

Sepúlveda e Lula

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Sepúlveda Pertence confirmou nesta terça-feira que foi contratado como defensor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que não tem o estilo “agressivo” do advogado Cristiano Zanin Martins, que hoje comanda a equipe de defesa do petista. Sepúlveda foi à posse do ministro Luiz Fux na presidência do Tribunal Superior Eleitoral, onde Fux afirmou que os candidatos “ficha suja” estão fora do jogo eleitoral. O novo defensor de Lula, que deve trabalhar junto com Zanin, ainda afirmou que o ex-presidente sofre a maior perseguição política “desde Getúlio”.

_

Maria Silvia no Goldman Sachs

O banco Goldman Sachs anunciou nesta terça-feira a nomeação de Maria Silvia Bastos Marques como a nova presidente do banco no Brasil. Maria Silvia, ex-presidente do banco de fomento BNDES, assumirá o posto em abril, sucedendo o economista Paulo Leme, que anunciou sua aposentadoria em dezembro. A executiva cumpria quarentena depois de ter deixado em maio o BNDES, onde ficou pouco menos de um ano à frente do banco. Formada em administração pública e com doutorado em economia pela FGV, a executiva foi secretária da Fazenda do Rio e presidente do Comitê Olímpico da Olimpíada de 2016. Maria Silvia também foi presidente da siderúrgica CSN, do Instituto Brasileiro do Aço e da Icatu Seguros.

_

Janeiro: mês de retirada na poupança

Num mês tradicionalmente marcado por despesas com educação e com o pagamento de impostos, os brasileiros voltaram a sacar recursos da caderneta de poupança. Em janeiro, a retirada líquida (saques menos depósitos) somou 5,2 bilhões de reais, segundo divulgou hoje o Banco Central. A saída de recursos em 2018, no entanto, foi menor do que em outros anos. A retirada líquida alcançou 5,52 bilhões de reais em janeiro de 2015, 12,03 bilhões reais em janeiro de 2016 e 10,73 bilhões de reais em janeiro de 2017. No ano passado, a poupança teve o primeiro ingresso líquido desde 2014, com um depósito de 17,12 bilhões a mais do que o sacado da caderneta.

_

Bitcoin, enfim, sobe

Depois de dias de notícias negativas, a criptomoeda bitcoin voltou a apresentar alta nesta quarta-feira, avançando 9,85%, cotada em 7.595 dólares no fechamento desta edição. Entre as principais notícias relativas às criptomoedas estão a audiência do presidente da Comissão de Trocas de Mobiliários (SEC), Jay Clayton, e a do diretor da Comissão de Trocas de Futuros e Commodities (CFTC), Christopher Giancarlo, ao Senado americano. Ambos indicaram aos legisladores que um movimento na direção de uma regulação das criptomoedas nos Estados Unidos não é imediatamente necessário. As declarações de Giancarlo, da CFTC, em especial, foram positivas para os investidores, pois o diretor afirmou que já faz o que está ao seu alcance para salvaguardar os americanos no mercado de moedas digitais e que uma regulação teria impacto somente limitado, já que esse mercado é global. Com vários outros países declarando regulações e proibições, a notícia foi bem recebida pelo mercado. Outras moedas também tiveram alta nas últimas 24 horas: o ethereum, de 8,32%; o litecoin, de 10,27%; e o bitcoin cash, de 7,24%.

Acórdão publicado

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região publicou nesta terça-feira o acórdão do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do tríplex do Guarujá. O petista foi condenado a 12 anos e um mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Depois de notificados da publicação do acórdão, os advogados têm prazo de dois dias para apresentar o recurso. Eles têm até dez dias para abrir a intimação da publicação do acórdão no sistema do tribunal. A única possibilidade de recurso são os embargos de declaração, usados para questionar omissões, contradições e pontos obscuros na sentença, o que costuma levar até um mês para ser julgado. O entendimento dos desembargadores, de que deve ser iniciado o cumprimento de pena após a tramitação do recurso, levou os advogados do petista a entrar com habeas-corpus preventivo no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal. O STJ recusou liminarmente o habeas-corpus. No Supremo ainda não houve decisão.

_

Alckmin em xeque?

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) sinalizou que seria um entusiasta da candidatura do apresentador Luciano Huck à Presidência da República para “arejar” e colocar “em perigo a política tradicional”. “Gosto dele, sou amigo dele e da família. (…) É bom ter gente como o Luciano porque precisa arejar, botar em perigo a política tradicional, mesmo que seja do meu partido. É preciso que ela seja desafiada por pessoas portadoras de ideias e processos políticos novos para que o próprio partido possa avançar. Está havendo sinal nessa direção”, disse FHC. “Acho que os partidos são importantes e quem não tem partido depois para governar é difícil. Dito isso, acho que Luciano, se ele se dispuser a ser candidato, é um candidato, vamos ver o que ele vai dizer.”

_

Cristiane Brasil

Aliados do presidente Michel Temer passaram a defender que o PTB escolha um novo nome para o Ministério do Trabalho, em substituição à nomeação da deputada Cristiane Brasil. Pesou a revelação de novas denúncias contra a indicada, flagrada em áudio numa suspeita de associação ao tráfico de drogas durante a campanha eleitoral de 2010. Para assessores de Temer, o desgaste é grande, mesmo que ela consiga uma vitória na Justiça para ser empossada. O inquérito que a investiga foi remetido à Procuradoria-Geral da República e veio à tona nesta semana.

_

Reino Unido descarta união aduaneira com EU

O Reino Unido descartou a união aduaneira com a União Europeia. Segundo um porta-voz do governo, a primeira-ministra britânica, Theresa May, encontrou-se com o chefe negociador do bloco europeu, Michel Barnier, e enfatizou a vontade do país de se manter aliado com a União Europeia, mas também de garantir a independência para firmar acordos independentes com outros países, o que seria incompatível com a formação de uma união aduaneira. A decisão veio após um fim de semana de conluios dentro do próprio governo britânico. Segundo o jornal The Times, um “complô” controlado por líderes do Brexit tentava implantar um grupo eurofóbico no governo do Reino Unido. A primeira-ministra também convocou, para quarta-feira, um “comitê de guerra do Brexit” para definir o modelo de relação que o Reino Unido terá com a União Europeia.

Falcon Heavy lançado com sucesso

O foguete Falcon Heavy, da empresa aeroespacial SpaceX, foi lançado ao espaço nesta terça-feira. Até agora, trata-se de uma iniciativa bem-sucedida. O foguete é considerado o mais potente de um veículo em operação no mundo e será uma guinada para a empresa de Elon Musk, que também controla a empresa de veículos elétricos Tesla. Equipado com 27 motores, o Falcon Heavy tem capacidade de carregar mais de 2.200 toneladas e poderá ser comercializado pela empresa, que pretende assinar contrato com a Nasa e com as forças militares dos Estados Unidos. O foguete transporta um veículo Roadster, modelo da Tesla.